musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - A 1 PASSO DO PARAISO - QUINTO ANDAR - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

A 1 Passo do Paraiso letra


A UM PASSO DO PARAÍSO...EU TÔ... AQUI PRA ISSO

É QUE...NEM ARCO ÍRIS, NUNCA TÁ ONDE EU PISO

EM CADA MOMENTO ETERNO.....PISANDO NO INFERNO

CONDIZ COM ESSE LUGAR, É VERÃO ATÉ NO INVERNO



me disseram esquece o rap, trabalhe e ganhe um cheque

tu escolheu uma profissão, que o futuro ninguém promete

se não ganhar não tem gap, se não ganhar não tem beck

se não ganhar não grava os track, não vai ter seu proprio cep

fazendo linha desde os 11, ouvindo boom bap desde os 10

acabei com pedra nas minha botas, fazendo peso nos meus pés

teste, teste, até a ultima rima que reste

com 2 mirréis no bolso na balada e ainda sim se diverte

subo um degrau meu amigo se inverte, o resto permanece inerte

não me julgue pela sinopse, se não a melhor parte tu perde

se eu perguntar de mim mermo pra você, não tem uma que tu
acerte

se alerte, tudo de humano tem seu motivo celeste

eu continuo na estrada andando em direção ao sol

a noite, procuro estrelas espero que não seja um farol

a pior parte de ser do brasil, especialmente do rio

é que a vida não dá um motivo pra não acender um pavio

eu me sinto mais sábio, então que lê nos meus lábios

que a força é pro mais forte, que o tempo é pro mais agil

e tudo pra que vazio, morte é um desafio

que dá calor pra quem tem sede e cede neve pra quem tem frio

o que ela tece eu desvio do que me promete eu desvio

a vida tem um gosto bom e conviver com aquilo que crio

e sou só salvo pelo gongo tanto quanto enrolado por um fio

e fico que nem um mongo porque o povo roubado não dá um pio



A UM PASSO DO PARAÍSO...EU TÔ... AQUI PRA ISSO

É QUE...NEM ARCO ÍRIS, NUNCA TÁ ONDE EU PISO

EM CADA MOMENTO ETERNO.....PISANDO NO INFERNO

CONDIZ COM ESSE LUGAR, É VERÃO ATÉ NO INVERNO



necessitado e obcecado, contra todo o pecado

sou iluminado, deus mostrou o caminho eu entendi o recado

é o que veremos, pois tudo que queremos são bens terrenos

venenos consomem a vida e nem terrenos teremos

e nem momentos serenos, mas que bons homens seremos

passamo a vida em guerra, mas foi a paz que vencemos

querendo cama, cigarro, garrafa de cana

roupas e grana e sexo e dois minutos de fama

e 70 anos na lama, como a vida te engana

10 minutos fudendo os outro em um segundo se dana

é certo, que nem quem não conseguiu mas teve bem perto

só não foi esperto o bastante, pra estar de olhos abertos

esquece o cetro em pé, tá sentado no trono

olha o planeta que tá na sua frente, porque ele ainda não tem
dono

e trabalhe sua vida inteira por isso e depois perca tudo no
sono

porque escuta tudo no estereo, mas processa tudo no mono

tem um martelo e um prego sem emprego na sua cidade

ou esmaga ou esmagado, passando necessidade

sou um refém da vida, e vou morrer um refém que sabe

que o martelo só faz encravar o prego na sociedade

que se fodam as verdades, isso só o que muitos sabem

e sabem apenas metade, a mente poucos a abrem

e quando abrem é tarde, é igual o navio que parte

os corformados morrem de infarto, ao 50 de idade

Quinto Andar - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br